Quando pensamos sobre o significado da palavra Museu, nos remetemos logo ao passado. Existe museu voltado para o futuro? Sim! Principalmente os de tecnologia e inovações. E atualmente tem um que, após a visita, nos permite devaneios sobre como será o amanhã. É o Museu do Amanhã, na região portuária do Rio.

Com uma arquitetura futurista e projetado para ser sustentável, o Museu do Amanhã é a nova sensação do Rio de Janeiro. As longas filas comprovam isso. Difícil é tirar uma foto sem que não haja ninguém no caminho.

O projeto tem a assinatura do arquiteto catalão Santiago Calatrava, que se inspirou nas bromélias do Jardim Botânico. A cobertura do prédio é móvel e formada por placas que captam a luz solar e ao longo do dia se movimentam.

 

Foi inaugurado em dezembro de 2015 e funciona também como monumento. Faz parte do projeto de revitalização da região histórica no centro do Rio e virou o novo cartão postal da cidade. Custou 300 milhões de reais com patrocínio-master do Santander e da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho.

Fica na Região Portuária, chamada de Porto Maravilha, mas mais conhecida como Boulevard Olímpico. O museu é o ponto focal da Praça Mauá. Seus vizinhos são o MAR – Museu de Arte do Rio, o AquaRio (inaugurado em 2016 , e o maior aquário da América Latina), o Mural Etnias do artista Eduardo Kobra (entrou para o Guiness Book como maior painel de street art do mundo), a Orla Conde (que vai da Praça Mauá até a Praça XV), a Ilha Fiscal, o CCBB e o Mosteiro de São Bento.

Veja todas as informações para visitar o Museu. Mas já te adiantamos: terça-feira a entrada é gratuita!

Outras atrações turísticas do Rio, confira aqui!


O que tem dentro do Museu do Amanhã?

Museu do Amanhã

Entrada do Museu do Amanhã | Az.Wanderlust

Vamos, juntos, construir os Amanhãs que queremos? Esse é o convite do museu à seus visitantes. A intenção do Museu do Amanhã é provocar questionamentos.

É ver, sentir, interagir, fruir tudo o que tem lá dentro. Não importa se a exposição é temporária ou permanente. O que importa é que você saia de lá com mais perguntas que respostas. 

A Exposição Principal é permanente e é dividida em cinco áreas relacionadas à cinco perguntas que norteiam (e guiam) a visita. Explora cenários para os próximos 50 anos aos questionamentos sobre o clima, a biodiversidade, a longevidade, a cultura, a tecnologia e ao conhecimento.

Os dados são constantemente atualizados a partir de pesquisas produzidas em instituições renomadas do mundo todo, como o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a UNESCO (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) e o MIT (Massachussets Institute of Technology).

Tudo dentro do museu é interativo. Você aproveita melhor a visita se respeitar a ordem em que os 5 ambientes temáticos se complementam:

Museu do Amanhã

Cosmos – interior do domo negro | fonte: museudoamanha.org.br

Cosmos

O Cosmos aborda a visão de como somos feitos e como chegamos até aqui “De onde viemos?”. Fica dentro do domo negro, onde a projeção de um vídeo de 8 minutos é passada em 360º.


Museu do Amanhã

Um dos cubos que representam a parte Terra | fonte: museudoamanha.org.br

Terra

A Terra aborda a questão “Quem somos?” . Distribuídos em três dos cubos (matéria, vida e pensamento) com lados interiores e exteriores para visitação.

 O vídeo abaixo é da obra do artista americano Daniel Wurtzel. Dois tecidos flutuantes num movimento rítmico e contínuo, que representam o encontro dos quatro fluxos terrestres que formam a vida: continentes, mares, ventos e luz. Associados, ditam o ritmo da vida na Terra. É hipnotizante!


Museu do Amanhã

Um dos totens da parte Antropoceno | fonte: museudoamanha.org.br

Antropoceno

O Antropoceno foca no momento que nos encontramos hoje e discute a nossa condição e a do planeta “Onde estamos?”. Seis totens trazem conteúdo audiovisual sobre como moldamos o planeta e as mudanças climáticas extremas e também são visitados interna e externamente.


Museu do Amanhã

Jogos interativos da parte Amanhã | fonte: museudoamanha.org.br

Amanhãs

Os Amanhãs focam nas grandes tendências globais e na pergunta “Para onde vamos?”. As simulações, estimativas e projeções associadas a esse momento estão dispostas num “origami” e por meio de jogos.


Museu do Amanhã

Oca da parte Nós | fonte: museudoamanha.org.br

Nós

Propõe a ideia de que o amanhã começa agora, com as escolhas que fazemos “Como queremos ir?”. Fica em torno de uma oca, onde o visitante encontra o único objeto físico do acervo do museu: um churinga (artefado dos aborígenes australianos).


Museu do Amanhã

Exposição Rolé pelo Rio hackeado | fonte: museudoamanha.org.br

As outras exposições são temporárias e ficam no primeiro piso. Atualmente, a exposição Rolé pelo Rio hackeado se destaca pelas instalações interativas (totens), onde os visitantes podem traçar um “diagnóstico afetivo” de sua própria cidade. Em como o visitante pode contribuir para o aprimoramento de onde vive.


Museu do Amanhã

Réplica da criação de Santos Dumont: Demoiselle | Az.Wanderlust

A exposição O Poeta Voador, Santos Dumont apresenta a história de Dumont e a capacidade do inventor brasileiro. Conta com atividades audiovisuais e interativas, onde o visitante fica em contato direto com os protótipos das principais criações de Dumont e tem acesso à replica do 14bis e do avião Demoiselle.


 Onde fica

Praça Mauá, 1 – Centro, Rio de Janeiro | museudoamanha.org.br

Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 18h.

Como chegar

O jeito mais fácil é pelo VLT linha 1, que vai da Rodoviária ao Aeroporto Santos Dumont e sentido contrário. É só descer na estação Mauá – “Parada dos Museus”. Ou pode pegar o metrô e descer na estação Uruguaiana e caminhar até a Praça Mauá. Não vá de carro, porque não tem onde estacionar.

Quanto custa

O melhor jeito de evitar fila é comprar o bilhete pela internet. Se você não quer pagar pela entrada, vá na terça-feira, pois a entrada é gratuita. Você pode pegar seu voucher pela internet e não precisa enfrentar fila.

Valor – adultos: R$20; confira as gratuidades aqui.

Tour no museu

Você faz o tour sozinho. É só pegar o mapa na central de informações e explorar.

Outras atrações turísticas do Rio, confira aqui e aqui!


Quer mais informações sobre a visita ao Museu do Amanhã?! Deixe sua pergunta nos comentários!