Madrid, madri, espanha, o que fazer, roteiro

El oso y el madroño (O urso e o madronheiro), símbolo de Madrid | Az.Wanderlust

Sempre tive vontade de conhecer Madrid (Madri, em português). Acho que em outras vidas – se é que existem – fui espanhola, pois tenho uma forte ligação com o país.

Minha passagem por Madrid aconteceu em 2015 e foi especial por dois motivos. Primeiro, tenho uma tia que mora lá e é casada com um espanhol. Segundo, porque parecia que já conhecia a cidade. Cheguei de ônibus, depois de uma viagem noturna partindo de Barcelona. Estava cansada, pois não tinha dormido direito. Mas mesmo assim, bati perna o dia todo e (re)conheci cada pedaço de lá.

Era primavera ainda, mas o termômetro marcava 41º de dia. À noite era bem mais fresca, mas sentia-me como se estivesse nas cidades brasileiras. Descobri que Madrid é tão brasileira quanto espanhola, pelo menos para mim. Diria que Madrid é nossa São Paulo. A “selva de pedras” espanhola, o centro econômico e cultural do país.

Todos os posts sobre a Espanha, você encontra clicando aqui!


História de Madrid

Madrid é a capital da Espanha e a terceira maior cidade da União Europeia (ficando atrás de Londres e Berlim). É sede do governo e residência do monarca espanhol. É também o centro político, econômico e cultural da Espanha.

Sabe-se que a região é povoada desde a pré-história, mas a história de Madrid somente apareceu nos livros a partir século IX, quando o Rei Maomé I construiu o primeiro palácio da cidade, onde atualmente é o Palácio real de Madrid.

Madrid, madri, espanha, o que fazer, roteiro

Lateral do Palácio Real de Madrid. | Az.Wanderlust

Durante esses anos até a atualidade, Madrid protagonizou vários acontecimentos políticos. Passou de Monarquia para Primeira República Espanhola. Após dois anos voltou a ser Monarquia. E no mesmo século passou a ser a Segunda República Espanhola, o que desencadeou a Guerra Civil Espanhola (1936-1939) em que as ruas viraram grandes campos de batalha, e o ditador Francisco Franco assumiu o poder.

Após a morte de Franco, o herdeiro legítimo do trono, Juan Carlos I, assumiu o reinado e a Espanha passou a ser uma Monarquia Constitucional, como é até hoje. E Madrid continua sendo a capital do país.


Informações importantes sobre Madrid

Idioma oficial – espanhol.

Moeda local – euro.

Fuso horário – 4 horas a mais do horário de Brasília e 5 horas a mais no horário de verão local (UTC +1).

Código da área – +34 91.

Religião predominante – catolicismo.

Embaixada Brasileira – Calle Fernando El Santo, 6, 28010 – Madrid | (34) 91 700 4650

Vistos – brasileiros não precisam de vistos para entrar na Espanha por causa do Tratado de Schengen, mas só pode permanecer no país por até 90 dias e o retorno deve ser após 180 dias. Dica importante: na imigração espanhola os agentes costumam pedir comprovante de hospedagem. Portanto, se você não quiser ter problemas para entrar no país, vá com a reserva da hospedagem feita e impressa.


Como chegar em Madrid

Trem – a cidade é conectada por ferrovias com o restante da Europa. Qualquer empresa dos países vizinhos faz o trajeto até Madrid. Você pode ver as passagens pela cia espanhola Renfe ou pelo RailEurope e pesquisar os valores. A cidade tem duas estações, a Chamartín AtochaVeja dicas de como pesquisar passagem aqui.

Ônibus – as autopistas espanholas são muito boas e chegar de ônibus pode ser uma boa opção. Além de ônibus de todo o país, as estações de Madrid também recebem ônibus de Portugal, Inglaterra e França. As estaciones de autobuses são: Estación Sur, Avenida de América (no centro da cidade) e Aeropuerto Bajaras T4. A empresa espanhola de ônibus é a ALSA.

Carro – as estradas são excelentes e bem sinalizadas. Se estiver nos países próximos ou em qualquer cidade espanhola, ir de carro pode ser uma boa opção. As principais autopistas que cercam Madrid são: M30, M40 e M45.

Avião – o desembarque de avião é no Aeropuerto Bajaras, e partindo aqui do Brasil há inúmeras ofertas de voos. Se já estiver na Europa, procure empresas low cost que tem promoções imperdíveis! Para ir do aeroporto até o centro de Madrid, você pode pegar um táxis (custa cerca de 30€) ou pegar o metrô (tarifas de 3 a 6€) e descer em qualquer parte da cidade. Confira aqui as linhas de metrô de Madrid. Veja dicas de como pesquisar passagem aqui.


Quando ir à Madrid

Madrid é o tipo de cidade que dá para ir em qualquer época do ano. As estações de Madrid são bem definidas. No inverno, as temperaturas podem chegar a 0º e no verão a 40º (peguei 41º na primavera!). O verão é a época mais seca e as chuvas costumam acontecer no outono e na primavera.

Madrid, madri, espanha, o que fazer, roteiro

Plaza de España. | Az.Wanderlust

Por ser a terceira maior cidade da União Europeia e o centro cultural da Espanha, Madrid recebe uma enorme quantidade de shows por ano. Se você é fã de música, vale a pena se programar para ir quando o cantor preferido estiver na cidade. Veja aqui os eventos que acontecerão na cidade!

Para quem gosta de futebol, Madrid é sede de um dos maiores times europeus, o Real Madrid. Vale a pena também conferir aqui, o calendário de jogos e se programar para ver uma partida e sentir que os espanhóis são tão apaixonados por futebol quanto os brasileiros.


Onde ficar em Madrid

A hospedagem em Madrid não é tão barata quanto em outras cidades europeias. Mas há uma variedade enorme de hotéis, albergues e apartamentos para alugar. Como fiquei na casa da minha tia, não sei como é a hospedagem por lá. Mas quando faço os roteiros personalizados para meus clientes, eles nunca reclamaram dos hotéis que ficaram.

A melhor região para se hospedar é na Gran Vía, que dá para conhecer quase todos os pontos turísticos a pé e fica próximo às principais estações de metrô e trens.

Madrid, madri, espanha, o que fazer, roteiro

Puerta de Alcalá. | Az.Wanderlust


O que comer em Madrid

Lembra que falei que Madrid parece São Paulo? Um dos motivos é a variedade de restaurantes que tem na cidade. Lá tem de tudo! Gastronomia no mundo inteiro e a maioria de boa qualidade, por um preço justo que balanceia o custo x benefício (pratos bem servidos!).

A gastronomia espanhola é conhecida no mundo inteiro. Madrid, por ser passagem de muitos viajantes ao longo dos anos, oferece uma gastronomia variada e rica em produtos frescos da região como: jamón (presunto cru), anís de Chinchón, espargos, morangos, verduras e hortaliças da zona de Villa del Prado; as carnes da Sierra de Guadarrama; os queijos e azeitonas do Campo Real; os melões de Villaconejos, os queijos de Miraflores de la Sierra e os vinhos de Madrid produzidos em Arganda del Rey, Navalcarnero e San Martín de Valdeiglesias.

Aperitivos (Tapas):

  • Pincho de tortilla – pedaço da tortilla de patatas, que é como se fosse uma omelete de batata, geralmente recheada de presunto e cebola. 
  • Patatas bravas  – são cubos de batatas fritas com molho de tomate picante.
  • Bocadillo de calamares – é a lula empanada, que vem acompanhada de molho de tomate picante ou maionese com alho.
  • Buñuelos de bacalao y patata – bolinho de bacalhau e batata.
  • Gambas a la gabardina – camarão à milanesa.
  • Berenjenas de Madrid – berinjela recheada com carne moída e especiarias.

Miúdos (Casquerías):

  • Mollejas a la madrileña – é o timo, uma glândula localizada no pescoço do boi, com especiarias.
  • Riñones de ternera a la madrileña – rins de vitela com especiarias.
  • Callos a la madrileña  – ensopado de estômago de vaca ou carneiro (a versão espanhola da nossa dobradinha).
  • Pincho de oreja – orelha de porco com especiarias.
  • Manitas de cordero – pé de cordeiro servido ao molho. 
  • Judías pintas con oreja – feijão branco cozido com orelhas de porco.
  • Caracoles – caracol cozinho.

Sopas e cozidos (Platos de Cuchara):

  • Cocido madrileño  – grão-de-bico cozido com diversas verduras e carnes (de boi, porco e frango, tudo misturado).
  • Sopa de ajo – sopa de alho.
  • Crema de espárragos de Aranjuez – creme de aspargos.
  • Potaje de garbanzos con bacalao – grão-de-bico com bacalhau.
  • Arroz a la madrileña de cocido  – é o cocino madrileño (grão de bico, carnes e verduras) com arroz e tutano de vitela.

Carnes (Carnes):

  • Carne con ajos  – carnes (geralmente o lombo) frita com alho.
  • Caldereta ribeña – calderada de aspargos, alho-poró, ervilhas, bacon e especiarias. 
  • Estofado de ternera – ensopado de vileta com especiarias. 
  • Rabo de toro guisado – parecido com a nossa rabada, mas leva cenouras e molho à base de vinho.

Pescados (Pescados y mariscos):

  • Besugo a la madrileña – peixe besugo assado com batatas e cebola. 
  • Soldaditos de pavía – bolinho de bacalhau. 
  • Lenguado a la madrileña – linguado gratinado.

Com ovo (Huevo):

  • Huevos a la madrileña –ovo cozido acompanhado de presunto, pimentão verde e vermelho e molho de tomate. 
  • Huevos rotos – ovo frito com presunto.

Sobremesas (Postres):

  • Picatostes – pão frito com farinha de trigo, com açúcar e canela (tipo a rabanada)
  • Rosquillas – bolinho de polvilho. 
  • Churros con chocolate – churros (parecido com o nosso) só que com recheio de chocolate.
  • Bartolillos – pastel frito com recheio de creme e arroz com leite.
  • Tejas – arroz doce com amêndoas. 
  • Buñuelos de viento – parecido com nosso bolinho de vento.
  • Soufflé sorpresa  – suflê de baunilha com biscoito de manteiga.
  • Naranjas a la madrileña – arroz doce com laranja e caramelo.

A paella não é um prato típico de Madrid, mas é claro que você vai encontrá-la em qualquer restaurante típico espanhol. Tanto a de frutos do mar, como as de carne (de boi, porco e frango).


Como se locomover em Madrid

Madrid conta com um transporte público excelente e tem várias estações de metrô e ponto de ônibus. Confira aqui no site oficial os horários do metrô. Mas as principais atrações da cidade ficam no centro de Madrid e podem ser visitadas a pé.

Eu fiz tudo a pé e consegui conhecer o que eu queria em apenas 1 dia. Confira meu roteiro aqui!

Madrid, madri, espanha, o que fazer, roteiro

Marco zero, Puerta del Sol. | Az.Wanderlust


O que fazer em Madrid

Como toda cidade europeia, Madrid tem muita coisa para visitar. Em um dia, você consegue visitar os principais pontos turísticos da cidade por fora, mas o recomendado é passar pelo menos 2 dias na cidade para entrar nos locais e visitar o interior.

Confira aqui meu roteiro!


Vida noturna de Madrid

Madrid é conhecida por sua intensa vida noturna. Os madrileños saem do trabalho direto para o happy hour e percorrem a pé dezenas bares da cidade desenvolvendo a arte de “tapear”. As Tapas, são aperitivos vendidos nos bares espanhóis, geralmente acompanhados por bebidas alcoólicas ou não.

Madrid, madri, espanha, o que fazer, roteiro

Comemorando o niver da tia com minha família espanhola. Comemos muitas tapas e bebemos muita cerveja! | Az.Wanderlust

Um evento bem conhecido acontece em maio que é a Rota de Tapas, onde diversos bares e restaurantes vendem as tapas com preços especiais.

Além disso, por Madrid ser o centro cultural da Espanha, vários artistas colocam a cidade nas suas turnês. Confira aqui os eventos que acontecem na cidade!


Talvez você também goste de: