Hallstatt é, sem dúvidas, um dos vilarejos mais bonitos do mundo. Prova disso, são as centenas de fotos de lá espalhadas pela internet com as tags “lugares incríveis”, “paisagens lindas”, “arquitetura e fotografia” e várias outras.

A famosa foto cartão-postal (abaixo) invade as timelines de todas as redes sociais e arrancam suspiros. Parece clichê falar sobre lá, já que temos aos montes informações sobre a vila. Mas, não poderia deixar de contar aqui no AzWanderlust sobre esse lugar incrível!

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Escrevi uma crônica sobre minha visita, para ler é só clicar aqui! E todos os posts sobre a Áustria, você encontra aqui!


História de Hallstatt

Historicamente, Hallstatt é conhecida pela sua produção de sal na mina mais antiga do mundo, a Salz Welten. No século XIX, foi descoberto um grande cemitério-arqueológico na região, com data de 1.200 a.C. Então, a região passou a ser conhecida como a mais próxima da Idade do Bronze e Idade do Ferro.

Em 1990, no século seguinte, uma loja da cidade – Dachsteinsport Janu – teve que fazer uma reforma e um novo sítio-arqueológico foi descoberto, agora datando 5.000 a.C. Por isso, a Salz Welten foi considerada a mina de sal mais antiga do mundo – com atividade cerca de 7.000 anos – e Hallstatt passou a ser (em 1997) Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

 

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,


 

Informações importantes sobre Hallstatt

Idioma oficial – alemão, mas todo mundo fala inglês.

Moeda local – euro.

Fuso horário – 4 horas a mais do horário de Brasília e 5 horas a mais no horário de verão local (UTC +1).

Código da área – 6134.

Religião predominante – cristianismo católico.

Embaixada Brasileira – fica em Viena. Endereço: Pestalozzigasse 4, 1010 Wien – Österreich | +43 1 512 0631

Vistos – brasileiros não precisam de vistos para entrar na Áustria por causa do Tratado de Schengen, mas só pode permanecer no país por até 90 dias e o retorno deve ser após 180 dias.


Como chegar em Hallstatt

 

Há várias maneiras de chegar lá. As mais comuns são saindo de Viena ou de Salzburg. Eu fiz o trajeto saindo de Salzburg, pegando ônibus e trem. Demora um pouco, mas foi uma experiência incrível.

Dicas de como pesquisar passagens, clique aqui!

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

De qualquer cidade austríaca, dá para ir de carro para Hallstatt. Veja só a previsão do tempo, pois se for inverno, algumas estradas podem estar fechadas por causa da neve.

Partindo de Viena

Trem – pegar o trem na Wien hfb. A viagem dura cerca de 4h e tem uma conexão em Attnang Puchhein, onde precisa trocar de trem. Os preços variam, pois depende da data da compra e do tipo de assento. Em média fica 60€. Pesquise os valores pela RailEurope, clique aqui!

Partindo de Salzburg

Trem – dá para ir de Salzburg para lá somente de trem. A viagem dura cerca de 2h30 e também faz conexão em Attnang Puchhein, onde tem que trocar de trem. Custa mais ou menos 31€. Confira o valor certo para a data escolhida, clique aqui!

Bus/Trem/Balsa – essa foi a opção que escolhi. Vou contar com detalhes como faz para pegar. Gastei 33€, em maio de 2015. Leia também a crônica que escrevi sobre minha visita em Hallstatt, clique aqui!

De Salzbug para Bad Ischl

Fui para a estação Salzburg hbf e logo na frente tem os pontos dos ônibus. Peguei o BUS 150 (ele vai até a metade do caminho, na cidade de Bad Ischl) e o primeiro horário de saída foi às 8h06. Você paga direto para o motorista. Paguei 20.80€, pois já comprei a ida e a volta, que vale somente para aquele dia, mas para qualquer horário. É só ficar atento ao último horário que ele sai de Bad Ischl que não tem erro!

A fila para pegar o ônibus, geralmente, é a maior. Então, tente não chegar em cima da hora de partida. Para verificar os horários, é só ver na tabela que fica onde o ônibus sai ou pedir no balcão de informações da estação de trem. A viagem dura mais ou menos 1h.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes, bad ischl

Estação de Bad Ischl. | Az.Wanderlust

De Bad Ischl para Hallstatt

Desci em Bad Ischl e resolvi dar uma volta na cidade, ja que o trem só sairia às 10h e tinha uns 50 minutos para passear por lá. Confira aqui como foi!

Em Bad Ischl, comprei a passagem de trem nas máquinas que tem na pequena estação. Na época, só aceitava notas de 10€ ou menor ou o valor exato. Como só tinha uma de 50€, tive que trocar com um japonês (que aliás, se tornou meu fotógrafo oficial depois. Confira aqui!). Só comprei a passagem de ida, mas recomendo já comprar as duas. Ela custou 4.10€ (confira aqui porque deveria ter comprado a de volta também!). O trem para na estação Hallstatt banhof, do outro lado do rio Hallstätter See. A viagem dura cerca de 30 minutos.

Para chegar no vilarejo, é preciso pegar a balsa. Já comprei passagem de ida e volta e paga-se direto para o capitão. Custou 5€, as duas. É igual ao ônibus e trem, vale para o dia todo, para qualquer horário.

Confira a crônica que escrevi sobre minha visita à Hallstatt, clique aqui!

 


 


Quando ir à Hallstatt

Sempre! Qualquer época é boa para visitar a cidade.

No verão, o clima é mais quente, mas nada de calorão, já que a região é dos alpes austríacos e o céu fica mais limpo. Já na primavera, o clima é mais fresco (peguei 20º), mas com possibilidade de também ver o céu azul. Fui na primavera, final de maio. Estava vendando muito, então alternava entre calor e frio a medida que o sol aparecia. Não choveu!

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

No inverno, as temperaturas são bem baixas e neva. Como o vilarejo é pequeno, acredito que dê para andar mesmo com frio e se aquecer nas lindas lojas e cafés que têm por lá. E tem o charme de ter neve, né? No outono, as temperaturas são mais baixas também e não tem a neve.


Onde ficar em Hallstatt

Quando fui para a Áustria, tive tempo de planejar a viagem – 10 meses. E a ideia era passar uma noite em Hallstatt. Já sabia que os preços de hospedagem lá eram caros, mas acreditava que se organizasse com antecedência, poderia conseguir um bom preço.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Mesmo com 10 meses de antecedência, os locais mais baratos já estavam esgotados. Fiquei monitorando para ver se conseguia alguma diária abaixo de 200€, mas não encontrei. E pesquisei quando cheguei à vila, mas também não achei. Pesquisei hoje e achei vários baratos, além de ter mais opções de hospedagem que há dois anos – acho que não era para dormir lá, né?  😥

Deve ser uma delícia se hospedar lá. Como tenho certeza que vou voltar, vou começar a pesquisar 1 ano antes…

Pesquise aqui pelo Booking.com (clique aqui) ou pelo Hostel World (clique aqui).

Booking.com

Como se locomover em Hallstatt

O melhor jeito é a pé! Primeiro porque é a única opção, já que pouquíssimas ruas tem acesso à carros. Segundo porque Hallstatt é no pé da montanha e suas casinhas são na encosta. Então pense em várias escadas íngremes e apertadas, mas que são um verdadeiro deleite! Se prepare para caminhar muito, apesar da cidade ser pequena.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Aqui nem de bike dá! O melhor jeito mesmo é a pé! Essa escada leva à Katholische Kirche. | Az.Wanderlust


O que fazer em Hallstatt

É uma cidade super pequena, mas com muita coisa para ver. Uma delas demora 4h, que é a mina de sal, mas passear pela cidade é tão encantador, que se “perde” um dia facilmente por lá. Não fique só na praça principal. Conheça cada ruela, observe os detalhes das casinhas e tente conhecer os pontos mais altos, através das várias escadas que tem por lá. No final, fiz um mapa com um roteiro de 1 dia. É só salvar e caminhar!

 


 

1. Salz Welten

Salz Welten é a Mina de Sal mais antiga do mundo e uma das principais atrações da cidade. Para chegar à mina, existem duas formas: uma caminhada acentuada de uma hora pela montanha ou em um funicular que te eleva a 855 metros, em apenas 3 minutos.

O ingresso para o funicular é vendido na bilheteria que fica em Hallstatt mesmo. Você pode escolher somente o funicular ou fazer as visitas guiadas que partem em horários pré-determinados. O passeio dura cerca de 4h e é bom que você esteja com roupas confortáveis. Não se preocupe com o frio que faz lá dentro, pois eles te emprestam um agasalho bem charmoso!

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes, salz welten

foto: salzwelten.at

Não fiz a visita, tampouco subi no mirante. Mas hoje me arrependo! Na época, quis curtir mais a cidade, sem ter que fazer tudo corrido. Achei que a visita de 4h atrapalharia meus planos de ver cada pedaço de Hallstatt. Daria tempo, pois quando fui (primavera), escurecia às 20, 21h. Só que só percebi isso tarde demais. Aconselho a ir para a mina assim que chegar na cidade e depois passear por lá. Claro, se for no inverno, como escure mais cedo, você poderá ver a cidade de noite.

  • Endereço: Salzbergstraße 21, 4830 Hallstatt | salzwelten.at
  • Preço: 30€ (funicular + visita guiada) – preço de 2017. Confira o valor aqui!

2. Marktplaz

A Marktplaz é uma pracinha bem charmosa e pequena. Rodeada de cafés, restaurantes e lojas de souvenirs. Boa para sentar e apreciar o vai e vem dos turistas.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,


3. Evangelische Kirche

A Evangelische Kirche (Igreja Evangélica) é o cartão-postal da cidade – a que mais aparece nas fotos. A entrada é gratuita e vale a pena visitar o interior.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Interior da Evangelische Kirche. | Az.Wanderlust


4. Hotel Grüner Baum

É o hotel amarelo que fica na Marktplaz. Dizem que a Imperatriz Sisi se hospedou lá. É o mais famoso e onde muita gente que ficar. Dá para visitar o saguão e se você quiser conhecer os quartos e melhor o interior do hotel, é só pedir na recepção, que eles são super simpáticos.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,


5. Museum Hallstatt

É o museu da herança cultural de Hallstatt. Retrata a história da cidade desde a época da colonização romana até os dias atuais. O acervo é muito interessante e interativo e recomendo a visita. Não lembro quanto paguei, mas foi barato.

Ao sair do Museu, observe o gigante tabuleiro de xadrez à sua esquerda.


6. Dachsteinsport Janu

É uma loja de esportes que fica na rua Seestraße. Mas não se engane! No subsolo da loja tem uma preciosidade! Em 1990, a loja fez uma reforma e encontrou um novo sítio-arqueológico, com data de 5.000 a.C. A entrada é gratuita e a visita é super interessante! Recomendo.

  • Endereço: Seestraße 50, 4830 Hallstatt
hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Sítio arqueológico no subsolo da loja Daschstein Sport (Sport 2000). | Az.Wanderlust

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Esses carinhas aí têm mais de 7000 anos! | Az.Wanderlust


7. Katholische Kirche e Ossuary Hallstatt

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

A Katholische Kirche é a igreja católica da cidade e fica no alto do morro. Para chegar lá, tem que subir uma escada. Os vitrais e as pinturas nas paredes externas chamam atenção e o interior é incrível, com o altar em estilo gótico. Ao lado da igreja, tem a Capela dos Ossos e um sensacional cemitério, que mais se parece com um jardim.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Interior da Katholische Kirche. | Az.Wanderlust

A Capela dos Ossos foi construída porque o cemitério da cidade é super pequeno e não comportava mais. Então, a igreja começou a abrigar os ossos em uma casinha.

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Ossuary Hallstatt (Capela dos Ossos e o cemitério da cidade). | Az.Wanderlust

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Cemitério fofo! | Az.Wanderlust

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Cada marcação representa a família e referências sobre a pessoa, além do ano de nascimento e morte. | Az.Wanderlust

hallstatt, austria, azwanderlust, o que fazer, como ir, como chegar, alpes,

Os ossos eram limpos e decorados antes de serem colocados cuidadosamente expostos. Faz isso acabou quando a igreja católica permitiu a cremação dos corpos e atualmente o local virou mais uma “atração turística paga” (custou 2€).


Hallstatt é ou não é charmosinha?



 Talvez você também goste de: